Em uma era de transformações radicais, repensar a cultura da empresa se faz urgente e essencial. À medida que um negócio se desenvolve, a cultura toma forma e define as interações com os diversos públicos, interna e externamente. Para implantar uma cultura de inovação, é preciso substituir ideias e estruturas antigas. Desconstruir o velho para criar o novo. Mas o que significa inovar? 

É pensar além do produto, identificar oportunidades, resolver antigos problemas usando diferentes soluções. Inovar é tornar simples, algo que parecia complexo. Criar uma oferta nova e viável, mesmo que não seja nova para o mundo, apenas para aquele setor ou mercado. Antes de tirar uma excelente ideia do papel, tem muita coisa para ser avaliada. Qual o impacto da inovação na experiência total do cliente? É preciso saber o que é inovação, mas também o que não é.

Para ajudá-lo, trouxemos neste artigo algumas ideias, dicas e ferramentas, que representam soluções simples e inteligentes para garantir o crescimento do seu negócio por meio da criação de uma cultura de inovação.

1. Design Thinking: solução criativa de problemas

O design thinking é uma abordagem que estimula a solução de problemas de modo colaborativo, onde as necessidades de todos os stakeholders são levadas em consideração no momento do desenvolvimento. É um modo de pensar através do design.

O objetivo aqui é realizar um mapeamento da experiência vivida pelos consumidores, buscando compreender sua visão de mundo, sensações, perspectivas e todos as nuances envolvidas. O foco é gerar alternativas positivas e alcançar altos níveis de satisfação, com base no conhecimento real de suas necessidades e anseios. É preciso cinco passos: identificação, definição, “ideação”, prototipagem e testes.

2. Mapa de Empatia: pensando como o cliente

Esta também é uma ferramenta visual e faz parte da mesma linha de pensamento do design thinking. Tem como premissa a criação de uma persona. A ideia é conhecer melhor seu cliente a partir da definição de uma “imagem” que melhor defina-o, revelando detalhes da personalidade através de uma reflexão sobre questões-chave. 

O Mapa de Empatia orienta novas criações a partir da perspectiva dos clientes e deve responder às seguintes questões sobre sua “persona”:

  • O que pensa e sente?
  • O que vê?
  • O que ouve?
  • O que fala e faz?
  • Quais são suas dores?
  • Quais são suas necessidades?

A partir destas hipóteses, é importante testar, corrigir e testar de novo, até encontrar o perfil ideal no alcance das estratégias definidas.

3. 5W2H: cultura de inovação na prática

Para que a ideia possa ser executada com eficiência e produtividade, é importante fazer uma checklist de tudo que precisa ser feito para dar vida ao projeto, pensando-o de forma inteligente e prevendo eventuais falhas ao longo do processo. O 5W2H tem como base o conhecimento das respostas para perguntas essenciais a uma melhor gestão do projeto, criando um plano de ação claro e objetivo. Esta ferramenta divide-se da seguinte forma:

5W

  1. What (o que?)
  2. Why (por que?)
  3. Where (onde?)
  4. When (quando?)
  5. Who (por quem?)

2H

  1. How (como?)
  2. How much (quanto?)

Exemplo de utilização

  • What? = Evento de boas vindas a um grupo de 3 novos funcionários; 
  • Why? = Para gerar interação e integrá-los de modo positivo ao time; 
  • Where? = No auditório da empresa; 
  • When? = 07/10, das 8h às 9h30;
  • Who? = Será organizado pelo departamento de Comunicação, e todos — do presidente aos estagiários —, vão participar; 
  • How? = Terá música, apresentações, café da manhã e entrega de um kit de boas vindas, contendo material institucional e brindes;
  • How much? = A verba disponível é de R$1.500,00.

Da ideia à execução

Segundo Larry Keeley, autor do livro Os 10 Tipos de Inovação, a inovação quase nunca fracassa por falta de criatividade, e sim por falta de disciplina. Então, se você deseja aumentar exponencialmente a probabilidade de sucesso, procure desenvolver a inovação sistematicamente.

É preciso desafiar os modelos tradicionais e incorporar tendências pouco exploradas. Fazer escolhas conscientes, dar voz à equipe, estimular a experimentação, ter uma cultura de tolerância ao erro e desenvolver métricas de inovação, são exemplos de métodos que levam equipes ao êxito.

Quer saber mais sobre cultura de inovação? Curta a nossa página no Facebook!