O marketing digital está ganhando destaque por causa do baixo custo e da flexibilidade em relação às mídias tradicionais. Se você está pesquisando sobre métodos e ferramentas para anunciar na internet, é muito provável que já tenha visto algo sobre a Rede de Display do Google.

Mas, afinal, o que é a Rede de Display, como funciona e por que devo anunciar nesta rede? É o que vamos ver a seguir!

O que é a Rede de Display do Google?

Primeiramente, o Google AdWords é uma plataforma de publicidade que pertence ao Google. É formada por duas grandes redes, a Rede de Pesquisa e a Rede de Display, com o objetivo de direcionar pessoas para seu website.

A Rede de Display do Google AdWords é o conjunto de páginas, websites e blogs, como o Blogger, YouTube, Uol, Terra e etc. Os anúncios também podem ser exibidos em dispositivos móveis.

São anúncios com recursos visuais que chamam a atenção de quem está navegando em websites relevantes aos interesses do anunciante, sendo necessário fazer uma boa segmentação e uma seleção correta de palavras-chave.

O grande atrativo da rede de display é a ampla diversidade de formatos que podem ser exibidos nos anúncios, como vídeo, rich media, gráficos, textos, etc.

Como funciona?

A plataforma aproveita as pesquisas que são realizadas diariamente para exibir seus anúncios em sites parceiros aos Google, segmentados de acordo com sua estratégia de negócios já predefinidas no Google AdWords.

Para que os anúncios sejam exibidos na Rede de Display do Google, é necessário:

  • lista de palavras-chave relevantes;
  • um lance de CPC (custo por clique) competitivo;
  • relevância do conteúdo;
  • segmentação refinada, com o perfil de cliente que o anunciante busca impactar.

Um boa seleção de palavras-chave é a base de qualquer campanha no Google AdWords. Representa as listas de palavras ou fases que o cliente pesquisaria até chegar até seu website e possivelmente realizar alguma ação relevante para o anunciante, seja a realização de uma conversão ou o preenchimento de um formulário.

O lance de CPC é o valor máximo que o anunciante está disposto a pagar pela exibição de cada anúncio. Esse lance é definido no orçamento diário, vale lembrar que o Google nunca cobrará um valor mais alto do que o valor previamente definido.

A relevância de conteúdo é determinante para a classificação para a exibição do anúncio no momento do leilão, um lance de CPC alto não necessariamente garante um bom posicionamento do anúncio. A classificação para a exibição é definido no calculo entre o lance de CPC e o Índice de Qualidade, resultando no AdRank.

A segmentação é um dos pontos mais importantes na hora de anunciar: é o momento de definir o público-alvo da campanha.

A segmentação poderá ser por:

  • palavras-chave;
  • canais;
  • remarketing;
  • tópicos;
  • interesse.

Por que devo anunciar na Rede de Display?

Diante de tudo que vimos anteriormente, uma campanha bem estruturada podem obter ótimos retornos para o anunciante, seja com convenções ou apenas geração de leads. Os motivos são inúmeros, porém separamos 4:

  • gerar reconhecimento de marca;
  • aumento das vendas;
  • permite a análise de resultados;
  • aumenta a competitividade.

A Rede de Display do Google Adwords é apenas mais uma ferramenta para alcançar o sucesso do seu negócio, não é aconselhável utilizá-lo como único canal de publicidade, mas como uma ferramenta de aquisição de tráfego aliada a uma estratégia de marketing de conteúdo bem estruturada para médio e longo prazo.

Se você ainda está aprendendo sobre a Rede de Display do Google ou utiliza no seu negócio e conhece outros motivos para anunciar, deixe seu cometário no post.