Você conhece as diferenças entre Marketing Promocional e Live Marketing? Saiba que o Live Marketing tem sido uma das principais estratégias utilizadas pelas empresas atualmente. São muitas as vantagens e possibilidade que essa área do marketing permite. Por ser um termo relativamente novo no mercado, muitos ainda o confundem com o Marketing Promocional.

Neste post, vamos esclarecer de uma vez por todas as diferenças entre o Marketing Promocional e Live Marketing para que você faça a escolha certa! Acompanhe!

Entendendo melhor cada conceito

Antes de mostrar quais são as diferenças entre o Marketing Promocional e Live Marketing, vamos explicar separadamente cada um dos termos:

Marketing Promocional

O Marketing Promocional é qualquer forma diferenciada de oferecer um produto ou serviço para aumentar o interesse do cliente e melhorar o posicionamento da empresa no mercado.

O objetivo de uma campanha de Marketing Promocional é tornar um produto ou serviço mais conhecido e atrativo para os consumidores. Uma de suas vantagens é poder utilizar ações para fidelizar clientes e convencer quem ainda não é cliente a experimentar o produto ou serviço.

Live Marketing

Também chamado de Marketing de Experiência, o Live Marketing é uma forma diferenciada de oferecer um produto ou serviço, e ele o faz por meio de interações vivas. O foco principal de uma campanha de Live Marketing é proporcionar uma experiência nova e positiva entre o consumidor e a marca.

Utilizando ferramentas de Live marketing, as campanhas se tornam muito mais tocantes afetivamente para os clientes, gerando uma maior empatia e proximidade com a marca.

As diferenças entre o Marketing Promocional e Live Marketing na prática

Para entender melhor qual a diferença entre os dois conceitos na prática, vamos dar um exemplo de duas campanhas para a seguinte situação: uma empresa que vende calçados ortopédicos quer fazer uma ação de marketing para aumentar as vendas dos seus sapatos.

Nesse caso, uma campanha de Marketing Promocional seria elaborar panfletos explicativos sobre os produtos, distribuir estes panfletos próximo a clínicas relacionadas à ortopedia e conceder desconto para quem apresentasse o panfleto no momento da compra.

Já uma campanha de Live Marketing seria montar uma ação que permitisse aos clientes experimentarem os calçados em uma esteira, comprovando a qualidade deles.

Ou seja, no Live Marketing, a experiência do cliente é sensorial. Assim, ele fica muito mais atraído a adquirir o calçado do que quem apenas pegou um cupom oferecendo um desconto.

Principais ferramentas do Live Marketing e casos de sucesso

A quantidade de ferramentas que o Live Marketing dispõe é muito grande e traz diversos motivos para investir nessa estratégia. Abaixo, você confere 3 tipos de ferramentas valiosas:

Peças publicitárias

Apesar de serem largamente utilizadas para divulgação de produtos e serviços, as peças publicitárias vêm ganhando cada vez mais pontos que despertam a emoção das pessoas de forma incisiva.

Um grande exemplo dos anos 90, os mamíferos da Parmalat marcaram uma geração, levando sentimentalismo a uma “simples propaganda de leite”. Em 2017, a Parmalat voltou a utilizar os filhotes em um vídeo que fala sobre a qualidade do processo de produção.

Ativação de marca

Geralmente feito em formato de evento, o intuito deste tipo de ação é apresentar uma nova marca ao mercado. Um caso interessante foi a festa de lançamento da bebida Skol Beats Secret, que envolveu bastante mistério e trabalhou com os sentidos dos participantes.

Ações digitais

No Live Marketing, as ações digitais são as que têm maior potencial de expansão. É o que chamamos de “viralizar”. Uma ação digital que viralizou e fez tanto sucesso que acabou ganhando continuidade foi promovida pelo banco Itaú no ano de 2016.

Era a história de duas senhoras de idade marcando um chá através de um aplicativo no celular. A campanha foi criada para mostrar que não eram apenas os jovens que poderiam usar o aplicativo do banco pelo celular, mas acabou encantando o público por sua alta carga emocional.

Como mostramos, as diferenças entre o Marketing Promocional e Live Marketing podem ser resumidas na experiência proporcionada ao cliente.

Agora que você já aprendeu um pouco sobre o Live Marketing, que tal aprender também como construir uma marca? Baixe agora o e-book “Guia completo para construção de marca!”