O uso das redes sociais como estratégia de marketing tem crescido a cada dia. Entre as principais ações, o uso do Facebook Ads é indispensável para garantir um alcance maior das publicações e uma boa efetividade nas campanhas.

Anunciar no Facebook não é uma tarefa tão simples quanto parece. Muitas pessoas têm a ilusão de que basta definir um valor que a ferramenta fará todo o resto, mas não é bem assim que funciona. É preciso saber fazer as configurações corretas e seguir algumas recomendações para garantir que os resultados esperados sejam atingidos.

Continue a leitura deste post e confira os erros mais comuns cometidos pelas pessoas ao criar campanhas no Facebook Ads.

1. Não segmentar o público

Esse é um erro muito comum e bastante grave. A segmentação do público é uma configuração fundamental para garantir a eficiência dos anúncios. O Facebook é uma rede social de alcance mundial, que tem usuários de todos os tipos, crenças, raças, países e gostos. Sem a segmentação, você gasta a verba do anúncio com pessoas que não têm o menor perfil para se tornarem suas clientes.

Por isso, saiba quem é a sua persona e crie uma segmentação que se encaixe nesse perfil. É possível segmentar o seu público utilizando dados geográficos, demográficos e interesses.

2. Escolher o tipo errado de anúncio

Outro clássico é errar no tipo de anúncio. A ferramenta disponibiliza uma série de tipos de campanhas, cada uma com finalidades diferentes. Antes de configurá-la, é preciso definir os objetivos da campanha, o orçamento pretendido e os canais de veiculação. Uma campanha para fortalecer a sua marca é diferente de uma campanha para vender um produto específico — e para cada tipo de objetivo existe um tipo de anúncio.

Portanto, escolha o tipo de campanha adequado ao objetivo que se pretende alcançar para maximizar os resultados e otimizar a utilização da verba investida.

3. Usar muito texto nas imagens

Esse é um erro que envolve a forma como as imagens para as campanhas são pensadas e criadas. A quantidade de texto na imagem influencia diretamente no alcance que a publicação terá durante a campanha.

O Facebook entende que as pessoas não gostam de imagens com muito texto, então ele as veicula muito menos — mesmo que você invista mais nelas. O ideal é que a imagem nem tenha texto, mas se for realmente necessário, limite-o a 20% do espaço total.

4. Não mensurar resultados do Facebook Ads

Você definiu e segmentou o público da campanha, escolheu o tipo de anúncio e criou as imagens de acordo com as diretrizes do Facebook. Resultado garantido, certo? Errado! O andamento da campanha pode ser bastante imprevisível. O seu público pode responder de uma forma diferente da que você pensou inicialmente e a campanha pode perder sua efetividade — e você só vai saber disso se monitorar os resultados!

Por isso, é preciso mensurar os indicadores dos anúncios constantemente. Assim, caso note que algo não está saindo conforme o esperado, é possível fazer alterações, minimizando os impactos negativos.

O Facebook Ads é uma excelente ferramenta de marketing para a divulgação da sua marca e dos seus produtos ou serviços, mas precisa ser feita de forma profissional e responsável para não se tornar apenas mais uma fonte de gastos.

Evitar os erros que listamos se tornou ainda mais relevante depois que novas atualizações foram feitas no Facebook para diminuir a quantidade de propagandas nos feeds dos usuários. Para entender mais sobre o assunto, leia este post!