Até hoje muitos acreditam que investir em marketing é sinônimo de disponibilizar verbas para anúncios. É claro que anunciar produtos ou serviços deve fazer parte do seu planejamento, entretanto, há muitas outras ações igualmente importantes, e traçar uma estratégia de Inbound Marketing é uma delas.

Já se foi o tempo em que o anunciante espalhava suas mensagens publicitárias e esperava os resultados. Principalmente após a digitalização dos meios de comunicação, a interação é primordial. A audiência recebe e emite o seu parecer, logo, é preciso estar atento aos conteúdos divulgados e às respostas da audiência para evitar alguns erros que podem destruir a sua estratégia.

Neste artigo listaremos alguns dos erros mais comuns cometidos — e que você deve evitar — em uma estratégia de Inbound Marketing. Continue lendo e confira!

1. Deixar de definir a persona

Esse personagem semi-fictício que representa o seu cliente ideal é essencial para guiar as suas ações de marketing digital. Diferentemente do público-alvo, em que a descrição é pobre, a persona contém diversas informações que te ajudam a:

  • definir a linguagem a ser empregada;

  • descobrir as mídias mais relevantes;

  • conhecer as dores da audiência;

  • criar conteúdos de qualidade.

Sendo assim, ao deixar de criar uma persona, você terá informações rasas que prejudicarão a sua estratégia de Inbound.

2. Querer resultado imediato

Talvez esse seja o erro mais preocupante desta lista. Quem pensa em investir em Inbound Marketing precisa saber desde o início que essa é uma estratégia de longo prazo.

Antes de começar a ver os resultados, é necessário produzir uma quantidade considerável de conteúdos, colocar os departamentos de vendas e marketing em sintonia e interagir continuamente com a audiência.

Lembre-se daquele famoso ditado: “Tudo que vem fácil, vai fácil”. Se você deseja que a sua empresa cresça de forma saudável, apresentando resultados constantes, vale a pena esperar para colher os frutos.

3. Desprezar as ferramentas de automação

Existem inúmeras ferramentas de marketing digital que têm como propósito a otimização dos processos. Imagine qualificar todos os seus leads, disparar e-mails segmentados e coletar todos os dados manualmente. Impossível, concorda?

No entanto, é igualmente perigoso ficar totalmente dependente da automatização e se esquecer da parte humana do processo. Você precisará interagir com os usuários e produzir conteúdos relevantes. Nesse caso, o ideal é ter um equilíbrio e utilizar esses softwares com sabedoria.

4. Produzir conteúdos irrelevantes

A produção de conteúdos não é uma atividade apenas para deixar os seus canais de comunicação atualizados e melhorar o SEO do site; o propósito deve ser maior. Os materiais que você disponibiliza ao público precisam ajudá-los em suas dores.

Esse é o objetivo principal do Inbound Marketing: educar e resolver os problemas dos potenciais clientes. Com a frequência certa de produção e a preocupação com a qualidade dos conteúdos, você terá percorrido mais da metade do caminho.

5. Ignorar a mensuração dos resultados

Como sabemos, as ações devem ser constantes para a estratégia funcionar. Portanto, é imprescindível monitorá-las e fazer ajustes ao longo dessa jornada. Caso a mensuração seja deixada de lado, não será possível descobrir eventuais falhas e oportunidades. Logo, o resultado será, no mínimo, medíocre.

Uma estratégia de Inbound Marketing requer muito esforço e cooperação, pois envolve diversos profissionais, ferramentas e mídias. Diante disso, recomenda-se contar com uma agência de marketing digital. Desse modo, você terá à disposição profissionais com experiência na área e as melhores ferramentas do mercado.

Se você gostou das dicas e quer receber novos conteúdos relevantes, assine nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades!