O setor comercial é de grande importância para qualquer empresa. Afinal, é lá que se fecham os negócios. Porém, é necessário estruturar um funil de vendas para atrair mais clientes por meio das ações de marketing digital e, com isso, criar mais oportunidades para o time de vendedores.

Esse processo, portanto, é bastante importante para compor as suas ações de divulgação, principalmente por direcionar em qual parte do funil — topo, meio ou fundo — é necessário investir mais trabalho, assim como identificar possíveis falhas ou etapas do sistema de vendas que precisam ser melhoradas.

Tenha um funil de vendas estruturado

Com o devido monitoramento desse sistema de vendas fica mais fácil criar estratégias de relacionamento mais personalizadas, com foco na satisfação do cliente e com mais chances de se ter sucesso. É um conjunto de informações que favorecem a tomada de decisões por parte dos gestores.

Além dos elementos já citados, um funil de vendas bem estruturado também permite:

  • controlar as oportunidades de vendas recebidas pelo seu time;
  • comparar a quantidade de negócios fechados com o número de leads gerados;
  • acompanhar todos os processos de qualificação de leads feitos pela equipe de marketing;
  • verificar a eficiência das ações e estratégias do setor de marketing;
  • monitorar os resultados alcançados e escalar as suas vendas.

Mapeie a jornada de compras

Geralmente, o caminho que um cliente faz desde que conhece os seus produtos ou serviços até o momento da compra, não é documentado. Mas é preciso entender esse processo para criar as estratégias de divulgação corretas, assim como estabelecer quais técnicas de venda devem ser usadas pelos vendedores.

Para isso, é necessário que uma pessoa do seu time entre em contato com o maior número possível de clientes em potencial. Dessa forma, é possível entender quais são as suas necessidades, os seus desejos e as dificuldades que encontram durante a jornada de compra e assim melhorar o acesso aos seus produtos ou serviços.

Defina as etapas de venda

O funil de vendas precisa ser elaborado com clareza. Isso significa definir, para cada etapa, qual ação será destinada aos leads ao longo da jornada, quais gatilhos levam um lead de um momento para o outro e qual o processo para se fechar um negócio. Tudo isso cria previsibilidade e eficiência para o setor comercial.

O funil de vendas pode ser definido em até quatro etapas:

Visitantes

Pessoas que estão chegando à sua empresa por meio do seu conteúdo.

Leads

Os visitantes que voltam ao seu site ou blog em busca de mais conteúdo.

Oportunidades

Os leads que se engajam e se mostram como clientes potenciais.

Clientes

As pessoas que foram nutridas por meio de conteúdo, gostaram das suas soluções e fecharam negócio.

Otimize e escale

Nessa etapa, é preciso definir indicadores de produtividade e eficiência para avaliar o funcionamento do seu funil de vendas. Com esse gerenciamento, é possível determinar o nível de trabalho necessário para atingir as suas metas.

A partir desse processo de otimização é que se consegue escalar o funil de vendas, pois é necessário ter pessoas capacitadas para fazer o sistema funcionar. Para isso, é importante desenvolver manuais de atuação, ferramentas de aprendizado, cursos, treinamentos, palestras e certificações.

Conte com agência especializada

Otimizar o funil de vendas não é uma tarefa fácil, exigindo muito empenho e capacidade de gestão de empresários e administradores. Para construir uma jornada de compras eficiente e estabelecer uma rotina de melhoria contínua, é interessante contar com profissionais especializados.

A contratação de uma agência é a garantia de receber um serviço profissional, capacitado e com custo mais baixo do que montar um setor específico para isso.

Gostou deste artigo sobre como organizar e otimizar o seu funil de vendas? Então, assine a nossa newsletter e receba outros conteúdos relevantes!