Não é segredo para ninguém que a chegada da internet transformou a forma como o marketing é feito. Os processos e estratégias evoluíram conforme o mercado e comportamento do consumidor foram mudando. E, nesse cenário, o Outbound Marketing precisou se atualizar para suprir as novas demandas do mercado. 

Não sabe do estamos falando? Então, descubra o que é Outbound Marketing e como ele pode ser trabalhado pela sua empresa!

O que é Outbound Marketing?

Também conhecido como marketing tradicional, o Outbound Marketing tem como principal objetivo prospectar clientes oferecendo os seus serviços ou produtos. Ele é uma ferramenta de atração ativa, em que o método é ir atrás do cliente e não necessariamente esperar que ele tenha interesse pela sua marca.

Essa estratégia de marketing pode ser encontrada nos meios de comunicação mais tradicionais, por meio de propagandas no rádio, TV, jornais, revistas e mala direta. Além disso, o Outbound também invadiu o ambiente digital por meio de banners, e-mails, pop-ups, Facebook Ads e muito mais. 

Como você pode ver, essa importante estratégia de marketing está mais presente no nosso cotidiano do que podemos perceber ou imaginar, ocupando um importante lugar no investimento das grandes empresas. 

Quais as vantagens de apostar nessa estratégia?

Embora muitos gestores acreditem que o Outbound Marketing esteja defasado, ele ainda gera resultados satisfatórios e é muito vantajoso para as empresas que decidem adotá-lo. Confira abaixo os principais benefícios da ferramenta:

ROI mais rápido 

Diferente do Inbound, que precisa de um tempo para gerar resultados, o Outbound consegue atingir o seu público-alvo no momento em que as estratégias são implantadas. Assim, o retorno sobre o investimento é mais rápido e direto. 

Facilidade de mensuração

Quando bem trabalhada, a análise dos dados e resultados é facilitada pela rapidez de resposta das ações. Ou seja, é possível avaliar o comportamento de compra do cliente de forma a direcionar melhor as suas estratégias sempre que necessário. 

Velocidade na avaliação dos processos

Ao apostar nessa estratégia, você consegue validar as premissas das suas ações de forma rápida e concisa. É possível avaliar se o seu discurso e forma de comunicação estão adequados para a sua persona em um período de poucas semanas, por exemplo. 

Eficiência no contato

O Outbound possibilita a personalização do público-alvo e, ao escolher objetivamente com quem você vai falar, fica mais fácil converter o contato em venda. No caso de vendas complexas, por exemplo, a comunicação direta tende a ser muito mais eficiente. 

Quais as diferenças entre Inbound e Outbound marketing? 

O Outbound se opõe completamente ao Inbound Marketing. Enquanto o primeiro se comunica com o seu público de forma direta, prospectando ativamente os seus clientes, o segundo busca os seus leads por meio de estratégias passivas. 

Ao apostar no Inbound, você cria mecanismos para atrair os seus clientes em potencial com conteúdos relevantes e funil de vendas. Já no Outbound, é preciso identificar quem tem maior potencial para se tornar um cliente da sua empresa e, assim, fazer uma abordagem. 

Como aliar as duas estratégias?

Apesar de opostas, as duas estratégias não são excludentes. Muito pelo contrário! É possível ter resultados ainda mais satisfatórios ao alinhar as ferramentas. Por exemplo, é possível abordar o seu potencial cliente ativamente para a captação de leads em eventos e, posteriormente, trabalhar esse usuário por meio de uma nutrição passiva. 

Outro modelo de sucesso gerado pela junção das estratégias de Inbound e Outbound Marketing e é a qualificação de leads. O conteúdo produzido em uma ação de Inbound tem potencial para auxiliar no processo de uma venda direta, ao trazer ainda mais informações sobre o produto ou serviço oferecido.

Quer saber mais sobre Outbound Marketing? Assine a nossa newsletter e receba todas as dicas e novidades exclusivas sobre o assunto diretamente no seu e-mail.