Você é capaz de definir marca? E gestão de marca? Ter conhecimento sobre o tema e entender sua aplicação significa aumento em seus resultados e é por isso que é tão importante se atualizar. Mas não se preocupe: neste artigo, você vai compreender melhor o assunto. 

Vamos lá? 

O que é marca?

Embora uma grande parcela acredite que a marca se resume ao logotipo de uma empresa, ela é mais que isso. De modo simples, podemos dizer que ela engloba o tom de voz utilizado, as fontes, as paletas de cores, a missão, a visão, os valores e todas as demais características pensadas por você quando definiu o que era o seu negócio e qual seria seu objetivo. Ela é então a percepção que o seu público tem quando vê algum dos pontos de contato da sua marca. 

A marca da Coca-Cola, por exemplo, não é o logotipo, nem a forma sinuosa da garrafa e muito menos seus slogans. Ela é o sentimento que vem a sua cabeça quando você pensa em tomar um copo de Coca-Cola, quando você vê seus produtos e sente desejo de tomar um simples gole. Sabe aquela sensação que o produto te traz quando você o experimenta? Então, isso é a marca tomando forma através de um ponto de contato.

No entanto, apenas elencar estas informações não garante que, a partir daí, seus clientes saibam quem é você. É aí que entra a gestão de marca. Ela é o trabalho que você faz para que as pessoas entendam o objetivo do seu negócio, quem ele é e qual o seu discurso.

Gerir é fazer com que sua essência seja não só compreendida, como difundida a ponto de se tornar uma referência no mercado.

Quais são os benefícios que uma boa gestão de marca pode trazer?

1. Conquista de espaço

A gestão de marca é, como vimos acima, o caminho para colocar seu negócio em evidência. A partir do momento em que você investe e se dedica a ela, você começa a conquistar espaço e a difundir a mensagem de sua empresa.

Por isso, é importante alinhar seu posicionamento e seus valores — afinal, é necessário saber quem é para então fazer com que os futuros clientes o conheçam.

2. Fortalecimento de marca


Com a propagação de sua marca, vem o fortalecimento. Mas cuidado! Lembre-se de se certificar que os detalhes estão todos no lugar. A qualidade não pode vir somente do processo comunicacional e se perder nos produtos, nos serviços ou no atendimento.

Tenha a certeza de que a experiência do consumidor será condizente com a proposta e com o discurso da marca e, então, esforce-se para fornecer e fortalecê-la.

3. Aprimoramento do planejamento e dos resultados

Quando a gestão de marca é feita de forma correta, o feedback é um dos resultados obtidos. E ele pode ser a chave para aprimorar pontos na sua estratégia. Além disso, de acordo com as respostas que receber, você saberá quais os pontos de atenção e as partes de seu planejamento que necessitam de mais atenção para que se adequem à realidade da sua empresa.

4. Mais valor à marca

Esta é, na verdade, uma consequência dos demais benefícios. Com uma marca forte — decorrente do planejamento e da exposição —, vem o reconhecimento e a fidelização dos consumidores. Dessa maneira, seus produtos e sua marca ganharão espaço e se tornarão referência, ainda que outras empresas ofereçam um serviço similar ao seu.

Estes são apenas alguns dos benefícios que a gestão de marca pode trazer ao seu negócio. Apesar de vermos isso nos exemplos acima, é importante frisar que a marca é um bem valioso e, quando gerida de forma correta, resulta em mais reconhecimento para o seu negócio.

Assim, é fundamental procurar por um profissional que possa auxiliá-lo na inserção da gestão em seu planejamento. E não se esqueça de acompanhar as tendências sobre gestão de pessoas quando o fizer. Para te ajudar nessa tarefa, que tal aprender quais são as lições do Google nesse quesito?