Você sabe o que é CTA e como definir um call to action? Esse termo já faz parte do vocabulário de qualquer profissional de marketing. Mas, se você ainda não conhece ou ainda não sabe como utilizar corretamente essa técnica, nós trouxemos as respostas.

Pois bem, neste artigo além de explicar o que é, você ainda vai aprender como definir esse tipo de chamada na sua comunicação para cada ação que desejar.

Para melhorar seus processos de conversão e a persuasão dos CTA’s sejam eles em e-mails, redes sociais, páginas e sites, já salve este artigo para consultar sempre que precisar após a leitura. Vamos lá!

O que é CTA (call to action) mesmo?

Sendo bem objetivo, o CTA nada mais é do que uma chamada, um comando ou ponte para a ação que você deseja que um usuário efetue.

Podemos dizer que a call to action é um link que incentiva usuários a realizarem ações dentro do ambiente digital. Além disso, você pode, e deve, utilizar os chamados atualmente de “gatilhos”, para melhorar a persuasão de um CTA.

CTA no processo de conversão do usuário

De acordo com o conceito AIDA (atenção – interesse – desejo – ação), essas fases precisam ser despertadas. Com um call to action bem pensado, as chances de que um usuário realize a ação que você deseja são grandes.

Geralmente, o CTA é usado principalmente para captar o atenção e o interesse de um usuário em poucos segundos. 

Como um CTA funciona

Primeiramente, para descobrir se o call to action definido funciona, chame alguém que não esteja envolvido com o trabalho e peça para ela olhar a página, e-mail, peça ou texto que você criou.

Após 5 segundos, a interrompa e questione sobre o que se trata a sua comunicação. Se ela não conseguiu identificar, é sinal de que você provavelmente precisa definir melhor o seu CTA. Entende?

Alguns fatores devem ser verificados diante do seu call to action como:

  • tamanho do CTA em relação a outros elementos de uma página, por exemplo;
  • imagens, se estão em acordo e gerando harmonia, se dão destaque para o CTA;
  • posicionamento da chamada;
  • a quantidade é suficiente ou há call to action em excesso?
  • cores do CTA;

Não recomendamos calls to action muito grandes, vai depender muito do objetivo e atenção que você precisa na chamada. É importante saber usar bem as palavras, identificar quais funcionam melhor com o seu público.

Uma coisa é certa, geralmente CTA’s como “clique aqui”, “clique no botão”, “fale conosco” dentre outros já marcados em nossas mentes, não funcionam tão bem e nós não recomendamos também.

Contexto para incluir um CTA

Uma coisa que você jamais deve esquecer, uma chamada para ação jamais deve constar sem um contexto. As pessoas precisam saber o porquê devem acessar a sua oferta.

Um CTA deve ser a síntese da sua proposta, resumir em poucas palavras o que o usuário irá encontrar após acessá-lo.

Boas práticas para construir um CTA 

Não há uma regra ou uma fórmula que vá fazer seu call to action funcionar sempre. Por isso, pratique, faça testes A/B e diversifique modelos até encontrar o que se adequa ao seu momento, objetivo e público.

Porém, há algumas dicas que podemos te dar para facilitar o acerto e que vão lhe entregar resultados muito melhores do que um simples “clique aqui”, confira:

  • Utilize verbos e seja sempre objetivo (ex: acesse aqui para o desconto);
  • É sempre válido usar números para promover com objetividade um desconto, promoção ou oferta em valores (ex: R$100 de desconto na sua próxima viagem);
  • Demonstre que a ação é simples para o usuário e utilize como gatilho a urgência da oferta (ex: acesse agora para garantir sua vaga);
  • Modos verbais como imperativo e infinitivo são bastante usados e funcionam muito bem (ex: solicite contato / solicitar contato);
  • Um CTA deve ter apenas um objetivo, converter.

Por fim, lembre-se: a oferta precisa valer a pena e fazer sentido para o seu público, de nada vale um CTA estruturado, bem pensado e com palavras perfeitas para a persona, se no final a oferta não condiz com toda qualidade empregada na persuasão.

Gostou de conhecer e aprender sobre CTA? Aqui na Gruv, nós utilizamos diversas técnicas e regras para tornar a comunicação de nossos clientes cada vez mais efetiva.

Como você percebeu, o simples detalhe de um call to action pode fazer toda diferença, por isso, conte com a nossa expertise para fazer a diferença nos resultados da sua empresa. 

Se ficou interessado em saber sobre como o marketing digital e estratégias de comunicação podem ajudar você a ter mais resultados, fale com um Gruver, estamos à disposição. Um abraço!