Aqueles que pensam que o e-mail marketing é uma estratégia de comunicação ultrapassada, enganam-se. 

Quase 100% dos adultos presentes na internet fazem o uso de e-mail. É uma ferramenta excelente para fazer o envio de uma mensagem para a pessoa certa, na hora certa. 

Atualmente, estratégias de e-mail marketing fazem parte de ações constantes na área de Inbound Marketing, devido aos seus inúmeros benefícios e, principalmente, pela atração de novos potenciais clientes.

Seja uma newsletter, e-mail sazonal ou promocional, você sempre pode usar esse canal para estreitar o relacionamento com seus clientes e fidelizá-los. 

Agora, você vai entender e descobrir os 5 principais benefícios para começar a investir nessa estratégia com eficiência.

Mas, para que serve o e-mail marketing?

Podemos dizer que é um meio para a realização da comunicação da empresa com seu cliente ou lead.

Uma pesquisa do The Radicati Group feita em 2016 indica que 3 bilhões de pessoas no mundo utilizarão o e-mail até 2020.

Segundo a Email Marketing Trends, 98,7% das pessoas possuem e-mail pessoal e tem o hábito de acessá-lo diariamente como um meio de comunicação digital. 

Sendo assim, tenho certeza que grande parte do seu público-alvo esteja presente nesta plataforma.

Por muito tempo, ele foi visto como uma forma de contato invasiva e antiquada, pois, na década de 90 foi massificado e deu origem aos indesejáveis spams.

Porém, hoje, o e-mail marketing se mostra como a forma mais eficaz para uma conversa direta com o consumidor. 

Por meio do uso de algumas ferramentas, como HubSpot ou RD Station, você consegue construir uma automação de marketing: disparos de e-mail automáticos, baseados no comportamento dos leads.

Geralmente, usamos e-mails para estratégias de nutrição e educação dos leads, o que é muito importante para que os mesmos sejam identificados e percorram o funil de vendas definido por você e seu time.

Caso você ainda não se convença de que deve começar uma estratégia de e-mail marketing, continue lendo nosso artigo:

Por que mesmo devo usar e-mail marketing?

Agora que você já sabe para que ele serve, nós vamos listar 5 benefícios incontestáveis que o e-mail marketing vai garantir na melhora dos resultados relacionados à comunicação e vendas de qualquer empresa:

1. O maior ROI do mercado 

Segundo números da Email Marketing Industry Census 2018, o ROI (retorno sobre investimento) do e-mail marketing é um dos mais lucrativos para empresas: 32 dólares para cada 1 investido, em média (DMA 2018). 

Isso se deve a alguns fatores básicos como: 

  • Segmentações de marketing mais completas e inteligentes: com as ferramentas certas, você se comunica exatamente com o cliente que está pronto para a compra ou no mínimo se interessa pela sua empresa; 
  • O e-mail marketing está agregado à vida das pessoas: pesquisas indicam que 95% dos usuários de e-mail conferem as caixas de entrada todos os dias;
  • Dentre as estratégias de marketing digital, o e-mail marketing se encontra em uma das mais baratas e rentáveis na hora de comunicar.   

2. Manter relacionamento com o público-alvo

Por ser um meio de comunicação direto e pessoal, o e-mail marketing é o modo ideal de educar e nutrir leads.

Por que fazemos isso? Para desenvolver cada lead por meio de fluxos de e-mails, materiais ricos, promoções e fazê-los evoluir na jornada de compras.

O ideal é que o conteúdo do e-mail gere uma aproximação entre empresa e cliente, ou seja, crie um relacionamento de confiança e consideração com a marca.

Dessa forma, o lead terá sua empresa como referência sobre o assunto em que você atua no mercado.

Ou seja, possivelmente sua empresa será a primeira lembrança dele quando estiver pronto para comprar.

Além disso, o e-mail marketing é capaz de entregar muito mais conversões do que os outros meios. 

Isso mesmo, partimos do pressuposto de que as pessoas se inscreveram para receber informações sobre sua empresa por e-mail estão dispostas a receber qualquer informação sobre sua empresa.

Perceba ao longo do tempo que a taxa de abertura, cliques e interação com este público interessado é muito maior do que, por exemplo, se você comprar uma lista de e-mails e disparar campanhas a esmo. 

Por isso, tão importante quanto ter leads, é a forma como sua empresa os conquista.

3. Informações do seu público e relevância

A inscrição de um lead através das suas páginas (seja site, blog, landing pages) é uma das melhores indicações de que essa pessoa está interessada na sua empresa.

Por quê? 

A persona fornece informações à sua empresa em troca de “valor”, seja em ofertas, vantagens ou materiais.

E, como sabemos, informação é primordial para elaborar estratégias de Inbound Marketing e fazer qualquer negócio prosperar.

Outra questão bem interessante é: todo mundo gosta de se sentir exclusivo, e o e-mail marketing tem esse poder por ser seu “endereço” pessoal na internet.

É por isso empresas e marcas usam e-mail marketing, para comunicar o que desejam de forma mais pessoal, direta e personalizada.

E, como já foi dito por aqui, o e-mail marketing é geralmente a mensagem certa, para a pessoa certa, na hora certa.

Por isso, é bom reavaliar suas estratégias e começar a pensar seriamente em adotar de forma eficaz esse canal de comunicação.

Aproveite as diversas possibilidades!

1. Versatilidade de formatos 

Ferramentas de marketing, até mesmo as gratuitas, oferecem uma gama de templates e opções para você personalizar seus e-mails e deixá-los mais interativos e interessantes. 

Você pode incluir imagens, gifs e vídeos, além de diversas fontes e composições para deixá-lo a cara da sua empresa e personalizar de acordo com o que funciona melhor para o seu público.  

2. O e-mail marketing é ecológico

A atual preocupação com meio ambiente está trazendo uma geração de consumidores preocupados em se relacionarem com empresas que respeitem o meio ambiente e que usem de alternativas sustentáveis para seu negócio. 

Por ser 100% digital, o e-mail marketing cumpre essa função e é uma ótima maneira de demonstrar a responsabilidade social e ambiental da sua empresa.

3. Conteúdo de qualidade atrai seu público-alvo 

Em um mundo conectado onde novas informações surgem a cada segundo, prender a atenção do seu público-alvo se tornou um grande desafio. 

Por isso, uma bom e-mail marketing centrado em conteúdo de qualidade pode fazer com que seu cliente respeite e se sinta conectado a sua empresa. 

Estratégias de nutrição e educação de leads com um conteúdo de valor podem abrir portas para novos negócios com clientes que acreditam no seu produto ou serviço. 

Depois de todos esses benefícios, não resta dúvida, não é mesmo?

estratégia de e-mail marketing

 

Então, eu posso começar a enviar e-mails marketing agora? 

Vamos com calma, existem também algumas boas práticas para que o envio de e-mails marketing seja realmente efetivo e não cause um efeito rebote no relacionamento com seu público-alvo. 

Um dos pontos mais importantes é não ser conhecido como um “distribuidor de spam”.

Para isso, temos algumas regrinhas que devem ser seguidas para manter a boa reputação do seu IP, como:

1. Entregabilidade

Entregabilidade pode ser traduzida como a qualidade ou o resultado da entrega dos seus e-mails. 

Altas taxas de hard bounces, spam, falta de higienização da base e uma grande quantidade de leads desengajados com sua marca, são fatores que prejudicam a entrega dos seus e-mails. 

Enviar e-mails marketing apenas para opt-ins (pessoas que “deram” o e-mail para receber seus conteúdos).

Você também pode usar ferramentas de limpeza para exclusão de endereços inválidos são algumas das maneiras de ter uma boa taxa de entrega.

2. Template 

Como já foi dito, o e-mail é extremamente versátil e você tem liberdade para criar seus templates de diversas maneiras. 

Porém, existem boas práticas que devem ser seguidas para que seu conteúdo não se torne criativo ou pouco interessante para o leitor, são elas:

  • Fazer o uso de imagens + texto 

Segundo pesquisas, a proporção ideal é de 40% imagens e 60% texto

  • Tamanho das imagens

O ideal é que o tamanho dos arquivos de imagem seja 100kbs. Tamanhos maiores podem fazer com que a imagem não seja aberta dentro do e-mail e podem prejudicar sua entregabilidade na caixa de entrada dos leads.

3. Call to Action 

O recomendado é que existam no máximo 3 CTA’s diferentes dentro do conteúdo. 

Muitas chamadas para tomada de decisão podem deixar o leitor confuso e impedir que ele tome sequer uma. 

Por isso, use com moderação.

4. Frequência

Ter disparos com uma constância planejada é de extrema importância, pois, enviar e-mails demais satura sua base causando altas taxas de spam e descadastros. 

Porém, envios de menos geram leads desengajados que muitas vezes não irão se lembrar dos conteúdos enviados anteriormente.

Por isso, estude seu negócio e veja qual frequência se adapta melhor ao seu público. Mas uma boa média está em torno de 1 a 2 disparos por semana. 

Agora sim, depois de aprender tudo isso, pode começar a pensar em sua estratégia de e-mail marketing! 

Se você gostou deste conteúdo, compartilhe em suas redes sociais e deixe pra gente nos comentários sua opinião sobre estratégias de e-mail marketing.