Reflexos em 2018

Como foi o marketing em 2018?

Uma explosão de experiências e de eventos ao vivo, bem como a inclusão e a busca de propósito foram alguns dos principais destaques.

Os profissionais de marketing reagiram a isso não só comunicando estes temas de forma autêntica, mas, como também, os tornando reais dentro de suas empresas.

Fizemos um apanhado do que deve ficar para 2019. Vamos conferir?

EM BUSCA DE UM PROPÓSITO

As semanas de moda, tanto a de fevereiro como a de setembro, foram palco de protestos de estilistas, dando visibilidade a questões políticas, sociais ou culturais.

Houve um aumento de iniciativas sociais em vários setores e eventos. No festival Cannes Lions, os profissionais de marketing, além de apresentarem suas campanhas, também se comprometeram a mudar leis e legislações, indo além dos simples discursos cheios de propósito para tentar e provocar mudanças sociais reais.

Em 2018, ficou claro que o consumidor quer que as marcas ofereçam mais do que apenas benefícios funcionais e como a maioria delas conhece os riscos de optar por uma causa, elas se conectaram com questões-chave, que se associam a seus valores, convicções e práticas.

As redes sociais se tornaram plataformas para conectar movimentos sociais. Com o poder do ativismo virtual, essas conversas viraram fenômenos globais e iniciaram grandes mudanças. Dando força a uma era ativista que já começa a mostrar seus “ares” com maior visibilidade.

MARKETING DOS MEMES

Os memes, que antes eram apenas um jeito irreverente de brincar e fazer piadas na internet, viraram uma língua digital completa e se tornaram um meio de comunicação aceito pelas redes sociais.

Tanto os consumidores quanto as marcas tentam criar e espalhar memes com o objetivo de criar conteúdos virais.

Os memes das marcas são mais específicos, mas ainda assim seus efeitos são difíceis de mensurar em termos de visualizações ou de efeito na opinião pública.

Ficar atento a essa cultura e às tendências atuais tem se tornado uma estratégia importante para os profissionais de marketing.

Segundo a consultoria Pew, 67% dos adultos dos EUA leem notícias nas redes sociais, e a tendência cresceu de forma estável.

Muitas contas populares em redes sociais que unem uma personalidade pública a fontes de notícias acabam se tornando novos influenciadores sociais, fazendo com que os seguidores acessem as notícias passivamente ao invés de buscá-las nos meios tradicionais.

CELEBRANDO A INDIVIDUALIDADE

As marcas alteraram seus anúncios para focar no empoderamento pessoal, avançando no discurso da inclusão.  

As atividades em torno de eventos como o dia internacional da mulher, por exemplo, ganharam força. Onde plataformas deram voz às mulheres, criando também anúncios em apoio a essa causa.

O empoderamento feminino segue sendo um assunto urgente no mundo. A maior visibilidade da desigualdade de salários começou a afetar as decisões das marcas, que buscam minimizá-la em seus quadros. Elas refletiram sobre os valores que pregam, promovendo inclusão em todas os aspectos das organizações.

INFLUENCIADORES VIRTUAIS

O gasto com influenciadores segue crescendo e 39% das marcas aumentaram seus orçamentos esse ano. Os influenciadores virtuais roubaram a cena em 2018 e se tornaram personagens frequentes nas redes sociais.

As it-girls digitais provam ser uma aposta menos arriscada que as supermodelos, pois não provocam tanto problemas em questões que afetam sua imagem como, por exemplo, quando um influenciador faz um comentário mal-educado ou trabalha com marcas concorrentes.

Surgem, então, agências terceirizadas para conectar avatares e campanhas. A agência Digitals, lançada em 2018, anuncia que é a única a contar apenas com influenciadores virtuais.

As marcas até criam seus próprios avatares para mostrar novos looks.

A partir de agora, as marcas e agências devem seguir o fluxo de 2018, investindo em realidade virtual tanto quanto em humanização e design de emoções.

Um paradoxo que fará parte da construção de 2019, rumo a um 2020 de reais mudanças emocionais, sociais e racionais no consumo.

Espalhe esse conteúdo para mais pessoas, compartilhe em suas redes sociais agora!👇